terça-feira, 31 de março de 2009

O fluído cósmico: primordial, divino


Diz Paulo " em Deus nos movemos e existimos como peixes em um oceano" (Atos 17:28.) Se analisarmos esta assertiva, podemos dizer que Paulo,  de modo sintético coloca a noção de fluído cósmico universal. André Luiz, no livro Evolução em dois mundos, define este elemneto primário como "Plasma Divino.  O fuido cósmico é o plasma divino, hausto do Criador ou força- nervosa do Todo Sábio. Neste elemento primordial, vivem e vibram constelações e sóis, mundos e seres, como peixes no oceano.(...) Cabe-nos assinalar, deste modo, que, na essência, toda a matéria é energia tornada visível. (...) Compete-mos anotar, pois, que o fluido cósmico ou plasma divivno é a força em que todos vivemos, nos ângulos variados da natureza, motivo pelo qual já se afirmou , e com toda a razão, que em Deus nos movemos e existimos" Podemos deste conceito conluir que "Deus está em toda parte" e portanto, nossas vibrações, emoções e pensamentos vibram e circulam neste fluido, transformando-o, criando formas, imagens, locais, mundos materiais e espirituais. Não há como escapar à presença divina, somos constituídos de plasma  de Deus. Enfim, o fluído cósmico é a matéria prima de toda a criação, em todas as épocas e por toda a eternidade. No Universo não existe o vazio e muito menos o nada.

Em uma entrevista publicada na revista Bem Estar, de um jornal de São José do Rio Preto, em  fevereiro de 2009,  o físico Alexandre Fontes da Fonseca fundamenta e esclarece sobre este elemento primordial, que há dois mil anos foi apresentado, mas só após Kardec passou e ser explicado e estudado. 

Segue um trecho da entrevista

Revista Bem-Estar - Como as pessoas estão interligadas?
Alexandre Fontes da Fonseca - O Espiritismo ensina que existe um elemento material sutil, que permeia tudo no Universo. Esse elemento é chamado de Fluido Universal e seria responsável por, dentre outras coisas, servir de meio de propagação dos nossos pensamentos. Do ponto de vista científico ainda não existe nenhuma demonstração material da existência do Fluido Universal. Mesmo a descoberta das chamadas Matéria e Energia Escuras, que estão sob atual e constante debate na comunidade científica especialista no assunto, ainda não pode ser considerada como demonstração da existência do Fluido Universal. Além disso, a idéia de não-localidade da teoria quântica não pode ser considerada como meio de ligação entre as pessoas, pois as pessoas não satisfazem as condições necessárias à ocorrência do fenômeno não-local. Assim, com base apenas no Espiritismo, podemos dizer que as pessoas estão de certo modo interligadas através do Fluido Universal, que é capaz de transmitir nossos pensamentos a quem quer que desejamos.
Porém, o Espiritismo acrescenta que esse processo está intimamente ligado aos sentimentos que possuímos com relação às pessoas, e que a emissão e recepção, digamos assim, de pensamentos e vibrações depende da qualidade dos sentimentos que nos anima em cada momento. Se nossos sentimentos são de fraternidade e amor, naturalmente sintonizaremos com quem pensa nas mesmas idéias e emitiremos fluidos bons. Se nossos sentimentos são de egoísmo e orgulho, sintonizaremos com os que estiverem vibrando nessas faixas de sentimento.

Bem-Estar - De que maneira a decisão de uma pessoa pode interferir na vida de outra completamente desconhecida, em termos espirituais?
Fonseca - De uma maneira indireta e bem sutil. Antes de explicar melhor, atentemos para o detalhe de sua pergunta: como a “decisão de uma pessoa pode interferir espiritualmente na vida de outra?” Vamos trabalhar com a idéia de “influência” ao invés de “interferência”, pois por termos livre-arbítrio e, portanto, responsabilidade por nossos atos, seria ilógico que os esforços de uma pessoa interferissem em nosso comportamento. Essa idéia não está em sintonia com o que ensina o Evangelho. Uma maneira de ocorrer uma influência espiritual de desconhecidos sobre nós é através do exemplo. Quantas pessoas não se motivaram a melhorar-se por causa da força de vontade no bem de cidadãos como Chico Xavier, Madre Tereza, Gandhi e muitos outros anônimos que fazem o bem nos limites de suas forças e que contagiam os outros com isso? Essa é uma maneira de influência que podemos chamar de espiritual sim, pois nós encarnados somos espíritos e estamos o tempo todo influenciando uns aos outros. Infelizmente, essa dinâmica ocorre para com o mal também. Quantas pessoas seguem os mal exemplos de seus semelhantes? É uma pena, pois por termos a inteligência para discernir e o livre-arbítrio para agir, responderemos pelas consequências das escolhas que fizermos dos exemplos de outrem. Kardec pergunta aos espíritos: “Por que, no mundo, tão amiúde, a influência dos maus sobrepuja a dos bons?” (questão 932 do Livro dos Espíritos, editora FEB). Eles responderam: “Por fraqueza destes. Os maus são intrigantes e audaciosos, os bons são tímidos. Quando estes o quiserem, preponderarão.” Percebe o quanto somos responsáveis pelo “mundo melhor” que sempre pedimos nas nossas orações? Num sentido menos direto, podemos dizer que na medida em que uma pessoa se torna melhor, seus pensamentos se tornam mais leves, benévolos, de vibrações mais harmoniosas. Assim, é mais uma pessoa a emitir, digamos assim, ondas boas de pensamento a se somarem com as das outras pessoas que também se esforçam no bem. No dia que os bons forem menos tímidos e vivenciarem o bem sem medo ou vergonha da opinião dos outros, veremos diminuírem os crimes, a violência, os roubos etc, pois as boas vibrações predominarão sobre as más.



Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...